Sulbutiamina – A Cura de Uma Nação

Sulbutiamina (dissulfureto de isobutiril tiamina) é um derivado sintético da vitamina B1 (tiamina). A tiamina foi a primeira vitamina B a ser descoberta. Pesquisadores japoneses sintetizaram a sulbutiamina ligando duas moléculas B1.

Sulbutiamine-molecule.png
Estrutura química da Sulbutiamina

Eles desenvolveram sulbutiamina em resposta a uma crise de saúde em todo o país. A população japonesa era severamente deficiente em tiamina devido a uma dieta apenas de arroz. Grande parte da população sofria de beribéri. Transtorno do sistema nervoso central causado por falta de tiamina.

Seu corpo não produz tiamina por conta própria. Então você deve obtê-lo de alimentos, incluindo carne, levedo de cerveja, legumes (feijão, lentilhas), leite, nozes, aveia, laranja, carne de porco, arroz, sementes, trigo, cereais integrais e levedura.

A tiamina tem baixa biodisponibilidade e é solúvel em água . Quando sintetizada em Sulbutiamina, você tem com um composto solúvel em gordura e atravessa rapidamente a barreira hematoencefálica, se tornando bem mais eficaz que o composto original.

É vendido como medicamento de prescrição em alguns países sob as marcas Arcalion, Enerion, Bisibuthiamine e Youvitan.

Japanese-rice-terraces.jpg

Como ela funciona?

Sulbutiamina aumenta a saúde do cérebro e funciona de várias maneiras, se destacando por esses dois pontos:

  1. A sulbutiamina é uma molécula lipossolúvel que atravessa a barreira hematoencefálica mais prontamente que a tiamina. Uma vez em seu cérebro, aumenta os níveis de pirofosfato de tiamina (TPP).

O pirofosfato de tiamina (TPP) está diretamente envolvido no ciclo do ácido cítrico no cérebro.

Este ciclo quebra ácidos graxos, aminoácidos e monossacarídeos em moléculas menores que produzem energia de trifosfato de adenosina (ATP) para suas mitocôndrias . E fornecer os blocos de construção das moléculas necessárias para produzir células cerebrais.

3.jpg

As regiões do cérebro afetadas pela deficiência de tiamina incluem o cerebelo, corpos mamilares, tálamo, hipotálamo e tronco encefálico.

Uma deficiência de TPP pode eventualmente aparecer como encefalopatia de Wernicke e síndrome de Korsakoff. Em nossa sociedade, esta síndrome é tipicamente causada pelo alcoolismo crônico. Mas também pode ocorrer após cirurgia de obesidade (bariátrica), doença de Crohn, anorexia e se você estiver em diálise renal.

Os sintomas da síndrome de Wernicke-Korsakoff incluem confusão, incapacidade de formar memórias, perda de memória e coordenação muscular, confabulação (inventar histórias) e alterações na visão. E pode finalmente (e muito rapidamente) levar ao coma e à morte. [I]

Casos menos graves de deficiência de tiamina incluem fadiga, perda de peso, irritabilidade e confusão.

  1. Sulbutiamina também contribui para a produção da enzima PDH, que é essencial na produção do neurotransmissor acetilcolina. E para a síntese da mielina, que forma uma bainha ao redor dos axônios dos neurônios . Garantindo que esses neurônios possam conduzir sinais. [II]

ciclo do ácido cítrico e a enzima α-KGDH desempenham um papel na manutenção dos níveis ideais dos neurotransmissores glutamato e ácido gama-aminobutírico (GABA).

Quando os níveis de tiamina diminuem, a atividade dessas enzimas é reduzida. [III]

Quando o corpo se desgasta

Dependemos da nossa dieta para tiamina. Muito pouca tiamina é armazenada em seu corpo. E depleção pode ocorrer dentro de 14 dias.

A deficiência de tiamina pode ser causada pelo alcoolismo, doença de Alzheimer, anemia, atletas que reduzem a ingestão de alimentos, câncer, artérias obstruídas, doença de Crohn, diabetes, diarréia e doença renal. E até mesmo uma dieta pobre.

↓ Níveis baixos de tiamina podem retardar a criação de ATP

↓ Níveis baixos de tiamina podem causar problemas de memória, aprendizagem, recordação e percepção

↓ Níveis de acetilcolina diminuem

Todas essas mudanças podem acontecer em qualquer idade. E são um produto da comida que comemos, o que bebemos, hábitos de vida, o ar que respiramos e muito mais.

Portanto, a sulbutiamina pode ajudar o declínio cognitivo relacionado à idade , assim como o aluno que procura melhorar na escola. Ao aumentar a acetilcolina, dopamina e GABA no cérebro. E aumentou a energia cerebral alimentando as mitocôndrias celulares com ATP. E construindo bainhas de mielina que protegem nossos neurônios.

Benefícios da Sulbutiamina

A sulbutiamina está diretamente envolvida no ciclo do ácido cítrico, que fornece energia à trifosfato de adenosina (ATP) para sua mitocôndria. 4.jpg

Mostrou-se que melhora as transmissões neurológicas glutamatérgicas, colinérgicas e dopaminérgicas . Pode também aumentar a densidade dos receptores de dopamina D1[IV]

Ela também desempenha um papel na manutenção de níveis ótimos dos neurotransmissores glutamato e ácido gama-aminobutírico (GABA). E contribui para a produção da enzima PDH, que é essencial na produção do neurotransmissor acetilcolina.

A sulbutiamina aumentará a cognição, a memória e a tomada de decisões. E tem qualidades ansiolíticas (antidepressivas) muito eficazes.

Qual a sensação?

Usuários de Nootrópicos relatam:

  • Maior foco – Por conta própria, a sulbutiamina parece aumentar a atenção de muitos biohackers. E quando combinado com cafeína ou qualquer um dos racetams, muitos relatam ser capaz de trabalhar sem esforço por horas a fio. Estudo e trabalho parece menos estressantes.
  • Aumento da motivação – Sulbutiamina aumenta a motivação, muitos relataram receber o ‘kick’ que precisavam para sua determinação.
  • Sociabilidade – Muitos usuários relatam ser capazes de articular pensamentos e melhorar a capacidade de falar. A linguagem e o seu vocabulário parecem fluir sem esforço. Pensamentos e ideias vêm com menos esforço.
  • Humor melhorado – Pessoalmente, a Sulbutiamina me foi mais eficaz do que qualquer anti-depressivo controlado que eu já tentei. E sem os efeitos colaterais.

Você deve ser capaz de experimentar os efeitos da sulbutiamina logo depois de tomar.

5.jpg

A pesquisa

Sulbutiamina melhora o humor

Um estudo da Universidade de Gales, em Swansea, no Reino Unido, trabalhou com 120 mulheres jovens adultas. Os participantes do estudo tomaram placebo ou 50mg de tiamina durante 2 meses. Humor, memória e tempos de reação foram monitorados antes e depois de tomar os comprimidos.

Os resultados indicam que após 2 meses de suplementação de tiamina, as fêmeas jovens:

  • Foram mais lúcidas
  • Se sentiam mais resistentes e energéticas
  • Tiveram tempos de reação melhorados
  • Ficaram melhor humoradas [V]

Sulbutiamina para Fadiga Crônica

Se você lida com a fadiga crônica, a sulbutiamina pode ser uma opção melhor do que outra xícara de café. Ou um estimulante.

Pesquisadores do Hospital Saint-Antoine, em Paris, estudaram 326 pacientes. Todos sofrendo de fadiga crônica. Os pacientes receberam 400 mg ou 600 mg de sulfutiamina diariamente. Ou um placebo neste estudo duplo-cego de grupos paralelos.

Os pacientes foram testados nas 7ª e 28ª dias do julgamento. Aqueles que usaram 600 mg de sulbutiamina tiveram menos fadiga. [VI]

Sulbutiamina melhora a memória

A falta de memória está associada a baixos níveis de atividade da colina no cérebro. A colina é um precursor do neurotransmissor acetilcolina (ACh) . A transmissão da ACh entre os neurônios ajuda na formação da memória.

Cientistas deram sulbutiamina à um grupo de camundongos por 10 dias, e então testaram sua memória. Os resultados sugerem que a sulbutiamina melhorou a formação da memória, aumentando a absorção de colina e consequentemente sua atividade no cérebro. [VII]

Outro estudo na França envolveu o uso de sulbutiamina ou solução salina em ratos por 9 semanas. Os resultados deste estudo concluíram que a Sulbutiamina proporcionou melhor memória de trabalho e episódica. [VIII]

Sulbutiamina melhora o desempenho atlético

Muitos biohackers usam sulbutiamina para aumentar a energia física. E isso criou alguma controvérsia nos esportes profissionais.

O Centro Antidoping de Moscou analisou 16 mil amostras de sangue em um laboratório russo em 2009. Eles estavam procurando esteróides anabolizantes em atletas.

Eles descobriram que 100 amostras continham sulbutiamina. Estas amostras foram coletadas em competição. Indicando que a sulbutiamina foi administrada intencionalmente por suas “propriedades ergogênicas e suaves de estimulação”. [IX]

Sulbutiamina melhora a disfunção erétil

Um pequeno estudo foi realizado com 20 pacientes que sofriam de disfunção erétil psicogênica. Este tipo de DE é definido como a incapacidade de alcançar ou manter uma ereção devido a fatores psicológicos.

Os homens receberam uma forma de prescrição de Sulbutiamina ‘Enerion’ por 30 dias. 16 dos homens apresentaram melhora significativa com base no índice internacional de função erétil (IIEF).

3 de 6 homens com distúrbios arteriais no pênis mostraram que a sulbutiamina corrigiu o problema. O estudo concluiu que a disfunção erétil pode ser efetivamente tratada com sulfutiamina[X]

Dosagem

A dosagem recomendada de sulbutiamina é de 400 mg a 1.000 mg por dia. Doses mais altas devem ser divididas com uma dose pela manhã e a outra pela tarde.

6.jpg

Alguns biohackers alertam sobre a dosagem de sulbutiamina no final do dia. Suas qualidades “estimulantes” leves podem interferir no sono.

Se você está apenas começando com a Sulbutiamina, sugerimos começar com uma dose baixa e ver como seu corpo reage.

A tolerância pode ser um problema com a sulbutiamina. Então, quando tomá-la por longos períodos, você pode sentir melhor seus benefícios clicando-a. Por exemplo, tome sulbutiamina por 5 dias e se abstenha por 2 dias antes da próxima dose.

E a Sulbutiamina é solúvel em gordura, então tome-a com uma colher de sopa de coco extra virgem prensado a frio ou azeite para melhor absorção.

Efeitos colaterais

Sulbutiamina não é tóxica. Então, é considerado bem tolerado e seguro.

Os efeitos colaterais são raros, mas podem incluir erupções cutâneas e surtos semelhantes a eczema em doses mais altas.

Sulbutiamina também pode criar mudanças de humor. Particularmente se você é bipolar ou está tomando medicação bipolar.

Se você tomar sulbutiamina no final do dia, você pode achar que interfere com o sono. Alguns acham que tem efeitos estimulantes leves.

Existem alguns relatos de que a sulbutiamina pode ser viciante. Se você tem tendências semelhantes ao vício, você pode querer ser cauteloso sobre o uso deste suplemento. Isso afeta os níveis de dopamina no cérebro.

Fonte: https://nootropicsexpert.com/sulbutiamine/

Tradução: Renan Marron e Mota

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe seu comentário

Sobre o Autor

Meu propósito de vida é difundir a arte do biohacking ajudando o maior número de pessoas. Sou viciado na possibilidade de nos tornarmos imortais e já provei quase todos os nootrópicos que sem notícia.

Últimas Publicações