Picamilon – Um Trunfo dos Russos

Picamilon (ácido nicotinil-y-aminobutírico, ou N-nicotinoil-GABA) é um derivado do neurotransmissor inibitório GABA e ácido nicotínico (niacina ou vitamina B3).

Cientistas russos realizaram muitas pesquisas sobre o GABA e a saúde cognitiva nas décadas de 1960 e 1970. A comunidade nootrópica se beneficiou desta pesquisa. Foram os belgas que iniciaram o desenvolvimento da família racetam de nootrópicos. E não muito tempo depois, cientistas russos continuaram a pesquisa sobre compostos derivados de GABA e nos deram Phenibut e Picamilon.

Picamilon
Estrutura Química do Picamilon

O papel de GABA é manter o glutamato, o principal transmissor excitatório, de sobrecarregar seu cérebro. Excesso de glutamato pode causar um ataque, e muito pouco GABA pode colocá-lo em coma. Um cérebro saudável mantém um equilíbrio crítico de GABA e glutamato.

O GABA age como um “freio” nos circuitos de neurônios durante o estresse. Baixos níveis de GABA podem resultar em ansiedade, insônia, mau humor e inquietação.

Estudos clínicos mostram que aumentar o GABA com um suplemento como o Picamilon alivia a ansiedade, o estresse e estimula a produção de ondas cerebrais alfa. [I] Se o GABA estiver otimizado em seu cérebro, você se sentirá focado, relaxado e livre de estresse.

Mas o grande desafio para a saúde cognitiva é tentar aumentar os níveis de GABA no cérebro. O GABA não pode atravessar a barreira hematoencefálica sozinho. Precisa de ajuda para transportá-lo através desta barreira.

A inclusão da Vitamina B3 (niacina) na fórmula do Picamilon ajuda o GABA a atravessar a barreira hematoencefálica. E a razão pela qual alguns biohackers preferem Picamilon quando o objetivo é elevar os níveis de GABA no cérebro.

O Picamilon é único entre os propulsores de GABA porque também pode aumentar a circulação cerebral. [II] Aumenta a atividade cerebrovascular melhor que Piracetam e Vimpocetina. É ainda melhor em aumentar o fluxo sanguíneo do que agentes vasodilatadores de prescrição como cinarizina, papaverina e niacinato de xantinol.

Portanto, ao usar o Picamilon para aumentar o GABA, você melhora a circulação cerebral e diminui a pressão sanguínea. O GABA até estimula a glândula pituitária a secretar o hormônio do crescimento humano. E ajuda a produzir endorfinas que fazem você se sentir bem depois de um treino ou sexo.

Como um nootrópico, quando você usa o Picamilon para normalizar os níveis de GABA, você irá melhorar o fluxo sanguíneo para dentro do cérebro. E você experimentará uma redução na ansiedade, insônia, nervosismo, inquietação e estresse.

Picamilon exibe as propriedades de um tranquilizante com um componente estimulante. Mas, ao contrário das drogas tranquilizantes, o Picamilon não induz relaxamento muscular, sonolência ou letargia.

Picamilon is a strong anti-anxiety nootropic

Como Funciona?

Os dois principais meios de ação do Picamilon são:

  1. Aumentda cognição – Picamilon é um derivado do GABA e niacina. E atravessa facilmente a barreira hematoencefálica. O GABA, por si só, não pode ultrapassar essa barreira, a menos que esteja emparelhado com uma operadora dedicada. [III] Quando a niacina é ligada ao GABA, a molécula entra facilmente no cérebro.

Uma vez no cérebro, Picamilon separa-se de volta em niacina e GABA. O GABA funciona impedindo que a sinalização neural associada à ansiedade atinja outros neurônios. Ele faz isso ligando-se aos receptores que de outra forma excitariam esses neurônios. Excesso de estimulação de neurônios em certas áreas do cérebro é o que causa sintomas relacionados à ansiedade.

Estudos mostraram que essa combinação única de niacina e GABA afeta a regulação dos neurotransmissores no cérebro. Picamilon normalizou o conteúdo de serotonina e dopamina e captação de dopamina no cérebro num estudo sobre a doença de Parkinson. [IV]

  1. Melhora do fluxo sanguíneo cerebral– O Picamilon é muito eficaz na melhoria do fluxo sanguíneo para os vasos cerebrais no cérebro. Ele atravessa facilmente a barreira hematoencefálica para proteger os neurônios contra os efeitos do fluxo de oxigênio diminuído. Melhorando a função cognitiva.

Picamilon separa-se em niacina e GABA, uma vez que atravessa a barreira hemato-encefálica. A niacina atua como vasodilatador, relaxando os vasos sanguíneos e permitindo o fluxo mais livre de sangue no cérebro.

Picamilon é frequentemente prescrito na Rússia para o tratamento de enxaquecas. Um estudo publicado no Nutrition Journal revisou ensaios clínicos de 1990 a 2004, analisando estudos que utilizavam niacina no tratamento de enxaquecas e outras dores de cabeça do tipo tensional.

A conclusão desta revisão mostrou a eficácia da niacina por suas propriedades vasodilatadoras no aumento do fluxo sanguíneo cerebral. E sua capacidade de melhorar o metabolismo energético mitocondrial. [V] O resultado é menos enxaquecas e menos dores de cabeça ao usar uma niacina especialmente nootrópica.

Picamilon boosts cerebral blood flow

Deficiência de GABA

Baixos níveis de GABA e má circulação cerebral estão associados a uma variedade de problemas de saúde.

↑ Ansiedade [VI], ataques de pânico, estresse e insônia

↑ Espasmos musculares, hipertensão, convulsão, síndrome de Tourette e epilepsia

↓ Neurotransmissores declínio

↓ Os níveis de energia do ATP diminuem as mitocôndrias famintas nas células cerebrais

Quando seus neurotransmissores, incluindo o GABA, estão em equilíbrio, você se sente motivado, produtivo e energético. E você se sente calmo e relaxado durante o tempo de inatividade.

Quando os níveis de GABA são baixos, você se sente cheio de pavor, está constantemente preocupado, tem pensamentos acelerados e, com frequência, fica atrasado e desorganizado. [VII]

Muitas pessoas em momentos de deficiência de GABA recorrem a alimentos ricos em carboidratos e drogas ou álcool para relaxar.

Benefícios do Picamilon

Precisamos de níveis adequados de GABA em nosso cérebro porque é um neurotransmissor inibitório. Quando aumentamos os níveis de GABA suplementando com Picamilon, ajudamos a manter o glutamato sob controle.

Picamilon improves cognition

O glutamato é o neurotransmissor excitatório mais abundante do seu corpo. Que é responsável pela atenção, energia cerebral, capacidade de aprendizagem, memória e ficar acordado.

Então GABA é calmante e o glutamato é estimulante. E eles devem estar em equilíbrio uns com os outros para uma ótima saúde cognitiva.

Um desequilíbrio desses dois neurotransmissores pode causar fibromialgia, síndrome da fadiga crônica, falta de memória e cognição, ansiedade e depressão.

Mas quando esses dois neurotransmissores trabalham juntos eficientemente, você se sente relaxado, sem estresse ou sentimentos de ansiedade. E você tem uma noite de sono mais tranquila.

A adição de ácido nicotínico na fórmula do Picamilon ajuda a melhorar ainda mais a cognição. Um estudo com 96 voluntários saudáveis foi realizado para determinar os efeitos na memória com o ácido nicotínico (niacina). O estudo descobriu que ele aumenta o metabolismo celular e o suprimento de oxigênio no cérebro. Resultando em uma melhoria na memória de curto e longo prazo. [VIII]

Adicionar o Picamilon ao seu stack pode ajudar a trazer o GABA e o glutamato de volta ao equilíbrio.

Experiência O Biohacker

Mais uma vez agradeço à equipe da Nootrópicos Brasil pela amostra que possibilitou esta resenha. Diversifiquei os meios de uso com base em alguns relatos que li online e pude obter alguns resultados interessantes.

IMG_20181003_160218.jpg

Inicialmente dosei 150mg via oral com um copo de água, em jejum. Foi a dose com efeitos mais perceptíveis e inusitados de todas. Após cerca de uma hora, minha ações pareciam menos pensadas e mais espontâneas, diálogos e decisões simplesmente aconteciam, de forma organizada e natural, sem um planejamento consciente. Como se o meu subconsciente estivesse no controle, mas soubesse exatamente o que eu queria. Confesso que nos primeiros momentos isso me deixou com uma sensação estranha, não tinha certeza se gostava daquilo, pois estou acostumado à um extenso mindflow consciente. Mas isso certamente possuía suas vantagens, principalmente em situações sociais e atividades que exijam tempo de reação, como esportes, artes marciais, jogos, dentre outros. Isso durou um pouco mais que 2 horas, porém não consegui replicar esses efeitos em nenhuma outra dose.

Teorizo que o complexo de Vitaminas B que voltei a tomar em meio aos testes com Picamilon possa ter interferido em sua absorção, visto que ele também contém uma (supostamente alta) quantidade de Niacina.

Alguns dias após esse primeiro teste, alternei dia sim, dia não e 1 semana de intervalo entre doses via oral e sublingual de até 200mg. Passei a sentir um efeito calmante sutil que durava de 2 a 3 horas, minha ansiedade constante diminuía notavelmente. Logicamente não chega perto do potencial ansiolítico do Phenibut, mas é uma alternativa acessível e muito segura; pessoalmente eu não vejo qualquer potencial de abuso deste nootrópico. Cheguei a dosar até 450mg num dia, mas não senti nada diferente.

Por último, testei a dose de 100mg via insuflação (intra-nasal) e a diferença foi totalmente clara: menos de 5 minutos depois os efeitos calmantes já se manifestavam e muito mais claros que antes. Achei muito agradável apesar da menor duração e me foi útil em algumas situações pessoais, especialmente pra minha namorada num momento de inquietação. Ao administrar 100mg via insuflação, suas pernas pararam de balançar, sua postura relaxou e ela ficou ainda mais comunicativa. Ela confirmou estar mais calma e achamos um resultado muito positivo. New Logo Little Alpha.png

Logicamente, não é a melhor escolha você sempre dosar por intra-nasal, sugiro você reservar esse método para os momentos em que você precisa se acalmar imediatamente. Ao fazê-lo, puxe devagar, para que o Picamilon não vá direto para sua garganta (o que provavelmente vai fazê-lo tossir um pouco) e seja absorvido por sua mucosa nasal. Sua quase completa falta de gosto facilita sua administração por outros meios além do oral.

Eu classifico o Picamilon como uma forma segura, relativamente barata e sutil de diminuir a ansiedade, com um pequeno bônus na sociabilidade.

A Pesquisa

Quase toda a pesquisa com o Picamilon foi realizada na Rússia. Está publicado em revistas russas em russo. A maioria desses estudos não está indexada em bancos de dados médicos internacionais ou dos EUA.

As fontes que pudemos encontrar mostram o Picamilon extensivamente estudado em animais e humanos. E ele mostrou agir como um tranquilizante sem os efeitos sedativos de relaxamento muscular, sonolência ou letargia.

Os estudos mostram que o Picamilon diminui a ansiedade, o medo, a irritabilidade e os sintomas de estresse emocional. Inibe a agressão e restaura a capacidade de trabalho físico após um trabalho estressante.

O Picamilon provou prevenir o esquecimento, melhorar a memória, lembrar e melhorar o humor. Diminui dores de cabeça, tontura e zumbido. Aumenta a atividade mental e motora em pacientes com ansiedade e depressão.

O Picamilon demonstrou prevenir ou suprimir a neuropatia diabética [IX] e aliviar os efeitos da abstinência de álcool. Ajuda no glaucoma, na retina e no dano do nervo óptico [X]. E ajuda aqueles com problemas urinários com base neurológica.

Aqui nós falamos sobre como Picamilonácido nicotínico e GABA podem afetar sua cognição e saúde em geral. Esta pesquisa apoia a ideia de usar o Picamilon para elevar os níveis de GABA e niacina. E os benefícios cognitivos podem ter um efeito profundo na sua qualidade de vida.

Picamilon improves mood

Picamilon aumenta a captação de dopamina

Relatos de biohackers mostram repetidamente que o Picamilon fornece um “foco calmo” sem deixar você sonolento. E este estudo, feito na Ucrânia, nos dá uma pista de como isso funciona.

Este estudo foi feito com pacientes de Parkinson. É bem sabido que a quantidade de serotonina e dopamina e a absorção de dopamina pelos neurônios na doença de Parkinson são diminuídas.

Esta pesquisa descobriu que o Picamilon normalizou a absorção de dopamina no parkinsonismo. E que o Picamilon está “envolvido na regulação da neurotransmissão cerebral sob parkinsonismo experimental e pode ser útil no tratamento da doença de Parkinson”[XI]

Picamilon-nootropic-developed-in-Russia

Picamilon aumenta a função das mitocôndrias das células cerebrais

NADH, a forma ativa de coenzima da Niacina, aumenta a produção de energia de ATP (trisfofato de adenosina) que alimenta as mitocôndrias das células cerebrais. E esse efeito “energizante”, com o qual muitas vezes se fala ao usar o Picamilon, vem pelo menos em parte do seu componente niacina.

Este estudo feito em ratos com um mês de idade analisou o trauma do cérebro. Os pesquisadores estudaram o dano oxidativo feito nas mitocôndrias cerebrais 1, 4, 7 dias e 4 semanas após o trauma.

Os ratos jovens receberam vários nootrópicos diferentes para ver o efeito nas mitocôndrias do rato. E eles concluíram que o Picamilon teve um efeito protetor sobre a função das mitocôndrias cerebrais durante o trauma[XII]

Picamilon aumenta o suprimento de sangue, a saturação de oxigênio e a circulação sanguínea no cérebro. [XIII] Este aumento no fluxo sanguíneo [XIV] traz os nutrientes e oxigénio necessários para produzir mais ATP para as suas mitocôndrias das células cerebrais.

Dosagem

A dose diária recomendada de Picamilon para a ansiedade é de 50 mg 2 ou 3 vezes por dia. Se procura um efeito estimulante, pode aumentar com segurança a sua dose para 100 mg 2 ou 3 vezes por dia.

Efeitos Colaterais

Picamilon é considerado seguro quando tomado em doses normais recomendadas.

O Picamilon não demonstrou em ensaios clínicos produzir quaisquer efeitos alérgicos ou tóxicos. Os únicos efeitos colaterais observados foram dor de cabeça, tontura e náusea. E quase sempre quando tomado acima das doses recomendadas.

Em doses mais altas, o Picamilon pode baixar a pressão arterial. Então, se você já está tomando medicamentos para baixar o sangue, ou tem um problema com a pressão arterial baixa, você não deve usar o Picamilon.

Fonte: https://nootropicsexpert.com/picamilon/

Tradução e Relato de Uso: Renan Marron e Mota

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe seu comentário

Sobre o Autor

Meu propósito de vida é difundir a arte do biohacking ajudando o maior número de pessoas. Sou viciado na possibilidade de nos tornarmos imortais e já provei quase todos os nootrópicos que sem notícia.

Últimas Publicações