Oxiracetam – Energia, Memória e Foco

O Oxiracetam (4-hidroxi-2-oxopirrolidina-N-acetamida ou ISF-2522) está na família racetam de compostos nootrópicos. É uma ampaquina nootrópica solúvel em água. O AMPA (a-amino-3-hidroxi-5-metil-4-isoxazolepropiónico) refere-se a um de três receptores de glutamato no seu cérebro. [I]

classe racetam de nootrópicos tem um núcleo de pirrolidona em seu núcleo. Mas o Oxiracetam tem a adição de um grupo hidroxila. E o Oxiracetam é um composto colinérgico, o que significa que afeta os níveis de acetilcolina no cérebro.

1.jpg
Estrutura Química do Oxiracetam

Sendo um dos compostos nootrópicos sintéticos mais antigos, é conhecido como um potenciador cognitivo. E por seus efeitos estimulantes.

O Oxiracetam é considerado mais potente que o Piracetam. Sendo uma ampaquina, ajuda a aumentar a atenção ememória. Incluindo a capacidade de formar memórias de longo prazo, mesmo que sejam tomadas após a formação inicial da memória. [II]

Ampaquinas tendem a ter um efeito estimulante. Mas não produz os mesmos efeitos colaterais estimulantes que Ritalina ou café de uso prolongado.

Oxiracetam vs Piracetam: Qual é a diferença?

O oxiracetam foi desenvolvido em 1977 como um derivado do Piracetam.

O oxiracetam e o piracetam são ambos solúveis em água. Os benefícios nootrópicos e sua meia-vida são semelhantes.

A potência do Oxiracetam parece ser cerca de 5 vezes a do Piracetam. Então demora menos para obter o mesmo efeito nootrópico.

2.jpg
Piracetam vs Oxiracetam

Oxiracetam e piracetam são potenciadores cognitivos. E ambos têm qualidades neuroprotetoras. Ambos os racetams são capazes de melhorar a aprendizagem e a memória. E ambos são capazes de reparar danos cerebrais.

O Oxiracetam tem benefícios adicionais não compartilhados com o Piracetam. Ele proporciona um efeito estimulatório maior. Alguns até o comparam ao Modafinil.

Muitos preferem o Oxiracetam ao Piracetam. Mas se você é um usuário iniciante de Oxiracetam, comece com uma dose menor e veja como você reage a ela. E certifique-se de stacká-lo com uma boa fonte de colina para evitar a dor de cabeça e irritabilidade às vezes associada com racetams pela quantidade insuficiente de colina no cérebro.

3.jpg

Como Funciona?

O Oxiracetam aumenta a memória e a cognição. O Oxiracetam modula os receptores de AMPA no cérebro. Esses receptores funcionam como canais de controle, supervisionando e regulando a transmissão sináptica. O oxiracetam também aumenta a densidade de sítios de ligação de neurotransmissores nos receptores AMPA. [III]

O resultado dessas ações é um efeito estimulante sem nenhum dos efeitos colaterais negativos associados aos estimulantes. E há evidências clínicas de que essa ação estimulante tem um efeito sobre a memória e a cognição.

Um ensaio duplo-cego controlado por placebo foi realizado com 65 pacientes com diagnóstico de demência degenerativa primária. Os pacientes receberam 800mg de Oxiracetam duas vezes ao dia por 12 semanas, ou um placebo. Os indivíduos foram testados antes do julgamento e após 6 e 12 semanas de tratamento.

Os pesquisadores descobriram uma diferença significativa em favor do Oxiracetam baseado em uma ‘escala de qualidade de vida’ e vários testes neurológicos para a memória. [IV]

O Oxiracetam também parece prevenir um desequilíbrio da atividade da acetilcolina quando os receptores NMDA estão funcionando mal. [V] Os receptores AMPA e NMDA trabalham juntos para o fluxo de glutamato necessário para processos de aprendizado e memória. Incluindo Potenciação de Longo Prazo que está associada à neuroplasticidade que permite que memórias de longo prazo se formem.

O Oxiracetam aumenta a disponibilidade de acetilcolina (ACh) no cérebro. Levando a melhor memória de curto prazo e longo prazo. E eliminando ‘névoa cerebral’. O oxiracetam faz isso aumentando a sensibilidade dos receptores de ACh.

O oxiracetam aumenta a proteína quinase C (PKC), que afeta os receptores de M1 acetilcolina. O oxiracetam demonstra mesmo a capacidade de reparar estes receptores quando danificado. [VI] Mais ACh resulta em melhor memória e aprendizado.

O Declínio do Corpo

O glutamato é um parente excitante do GABA. Enquanto GABA tem um efeito calmante, o glutamato estimula. O glutamato é o neurotransmissor mais comum no sistema nervoso central.

4.jpg

O glutamato é um neurotransmissor fundamental no cérebro. Ele liga os circuitos cerebrais envolvidos na memória, aprendizagem e percepção.

↓ Muito pouco glutamato pode causar problemas de memória, aprendizagem e percepção

↓ Os receptores AMPA e NMDA se desgastam ou morrem

↓ Níveis de acetilcolina diminuem

↓ Neurônios colinérgicos desgastam ou morrem

Todas essas mudanças podem acontecer em qualquer idade. E são um produto da comida que comemos, o que bebemos, hábitos de vida, o ar que respiramos e muito mais.

Portanto, o Oxiracetam pode ajudar no declínio cognitivo relacionado à idade, assim como a média do seu desempenho acadêmico ou profissional. Ao aumentar a acetilcolina e controlar o glutamato no cérebro.

Benefícios do Oxiracetam

Estudos clínicos analisaram o uso de oxiracetam para tratar a doença de Alzheimer, TDAH, demência, concussões e outros distúrbios cerebrais. Muitos destes ensaios demonstraram a capacidade do Oxiracetam de melhorar a aprendizagem, o desempenho de aprendizagem espacial, a memória, a recordação e os níveis de qualidade de vida.

5.jpg

O oxiracetam funciona de forma semelhante a outros racetams, tendo como alvo os neurotransmissores acetilcolina (ACh) e glutamato. A ACh tem um impacto significativo na formação e recuperação da memória. E o glutamato desempenha um papel na formação da memória, motivação e atenção.

O oxiracetam estimula o uso de acetilcolina no cérebro. Portanto, ao usar Oxiracetam, você deve garantir que você tenha níveis adequados de colina disponíveis para produzir acetilcolina. A maioria dos neurohackers stacka Oxiracetam com um suplemento de colina como Alpha GPC ou Citicolina.

O oxiracetam é usado para aumentar a memória de curto e longo prazo, eliminar a névoa cerebral, melhorar a atenção e o foco e a capacidade de aprender.

Qual a Sensação?

Os usuários relatam que o Oxiracetam elimina a névoa cérebral, melhora o foco e a motivação. Especialmente ao aprender material novo ou trabalhar em uma tarefa tediosa.

Você pode ver uma melhora significativa no recall. A leitura é mais fácil, permitindo-lhe obter mais páginas mais rapidamente e reter as informações para mais tarde.

E alguns relatam uma melhoria no humor que pode ser o resultado de mais acetilcolina disponível para uso no cérebro.

O Oxiracetam tem um efeito estimulante, por isso tente não usá-lo muito tarde, pois pode interferir com uma boa noite de sono.

Você deve ser capaz de experimentar os efeitos do Oxiracetam logo depois de tomá-lo. É solúvel em água, por isso é digerido e entra rapidamente nas células. E ao contrário de outros estimulantes, não há “crash” uma vez que o Oxiracetam deixa o seu sistema.

Experiência O Biohacker

Sinceramente, o Oxiracetam nunca chamou minha atenção. Ele meio que veio por acaso e junto de outros nootrópicos que eu estava muito mais interessado em testar. Porém, resolvi dá-lo uma chance como um dos primeiros, e para a minha agradável surpresa: eu o subestimei.

IMG_20181024_201024.jpg

A primeira dose foi de 800mg com um copo d’água em jejum, 30 minutos após uma dose de 400mg de Alpha GPC. O gosto do Oxiracetam é doce, mas não tão suave quanto o GPC, derretendo instantaneamente na boca. Em menos de uma hora o seu primeiro efeito se manifesta: muita disposição. Não é como aquela energia acumulada que obriga você à fazer algo para parar de balançar a perna. Pense numa energia limpa, esperando calmamente o seu foco se direcionar à algo que precisa ser solucionado. Tarefas como faxina, manutenção e limpeza em geral se tornam mais fáceis e mais satisfatórios.

O foco aumenta de forma similar; ler é mais fácil, me senti mais alerta e mais objetivo, sempre em busca de algum tipo de progresso. Recall e memória de curto prazo estavam bem mais eficazes, também pude lembrar de coisas que estavam bem enterradas em meu cérebro com mais facilidade.

New Logo Little Alpha.png

Nos primeiros dias continuei a dose de 800mg e percebi que o Oxiracetam também tem suas desvantagens: eu me senti um pouco mais “chato” socialmente, por estar consideravelmente mais objetivo. Até meu tom de voz soava um pouco mais petulante, ainda que mais animado, mas no momento que notei isso, me atentei para tentar mitigar isso conscientemente e não me tornar o capitão literal.

No dias seguintes cortei a dose pela metade e eles se tornaram bem mais sutis. Tomava uma segunda dose de tarde caso eu precisasse de uma energia extra. A disposição e a memória se acumulam, mas agora minha sociabilidade estava normal, com um bônus de disposição e ânimo extra para ser produtivo ou sair à noite. A dose de Alpha GPC não se mostrou necessária em dias de dosagem única, mas eu não a dispenso por seus benefícios para o humor e memória.

Entre os nootrópicos que já experimentei, este parece ser o racetam definitivo para estudar e cumprir obrigações, seja por uma temporada ou para um assunto de última hora. Fica muito mais fácil absorver qualquer conteúdo, focar no que é objetivo, com disposição para virar a noite se necessário e esquecer distrações como festas e mídias sociais. A energia que ele fornece é muito mais limpa e natural que a maioria dos estimulantes, uma disposição para qualquer atividade, sem ansiedade e sem multiplicar seu perfeccionismo. Se você está procurando um racetam para exercícios físicos, ele também é uma ótima opção. E se você combiná-lo com Fenilpiracetam, você vai se tornar um monstro (lembre-se de tomar sua fonte de colina pelo menos 30 minutos antes). Seus efeitos também se mantém no longo prazo, mas recomendo uma pausa nos fins de semana para tirar maior proveito de programas mais sociais e não construir uma resistência exagerada.

A Pesquisa

Os pesquisadores trabalharam com 96 pacientes diagnosticados com demência por 12 meses. Os pacientes foram tratados com 1600 mg por dia de Oxiracetam ou um placebo. E foram avaliados aos 2, 6 e 12 meses do estudo.

Os pacientes tratados com Oxiracetam mostraram uma melhora significativa no tempo de reação e cognição. O grupo placebo experimentou um agravamento das condições. Os autores do estudo concluíram que o Oxiracetam age favoravelmente nos sintomas da demência. E pode melhorar o processamento de informações, tempos de reação e atenção. [VII]

Oxiracetam ajuda na lesão cerebral traumática

Lesão cerebral traumática (TCE) pode ser causada por lesões esportivas, acidentes de trabalho, acidentes com carros e motocicletas, quedas, etc. Muitos sobreviventes acabam com disfunção neurocognitiva a longo prazo ou mesmo permanente. Afetando cognição, função motora (movimento) e personalidade.

Em um cérebro submetido a TCE, há toxicidade do glutamato, lesão de radicais livres nas células cerebrais, desequilíbrio eletrolítico, disfunção mitocondrial, inflamação, apoptose (morte celular) e derrame. [VIII]

Em um estudo feito com 30 ratos Wistar, os pesquisadores analisaram o papel do Oxiracetam no TCE. Os animais foram divididos aleatoriamente em 3 grupos. Os ratos no grupo de tratamento receberam 100mg/kg de Oxiracetam durante 21 dias. As pontuaçõess de comprometimento neurológico foram medidos nos dias 1, 4, 7, 14 e 21.

Os pesquisadores descobriram que o grupo de tratamento tem significativamente menos comprometimento cerebral após 7, 14 e 21 dias. E concluiu que o Oxiracetam se mostra promissor na diminuição da lesão neural causada pelo TCE. Aumentar a capacidade de aprendizagemmemória e cognição espacial[IX]

Oxiracetam Melhora Cognição e Memória

Pesquisadores trabalharam com 43 pacientes para avaliar os efeitos do Oxiracetam na ‘síndrome cerebral orgânica’ (SBO). A SBO é uma disfunção cerebral que não é atribuível a uma doença específica como a doença de Alzheimer ou a demência.

Este estudo duplo-cego, controlado por placebo, teve um grupo de pacientes que tomaram 800mg de Oxiracetam duas vezes ao dia por 8 semanas, e o outro grupo recebeu um placebo.

Em pacientes com SBO com comprometimento cognitivo leve a moderado, o Oxiracetam melhorou a cognição, a lógica e a atenção. O grupo placebo não sofreu alterações no comprometimento cognitivo. [X]

Outro estudo com ratos com memória insuficiente mostrou que o Oxiracetam restaurou os receptores de acetilcolina. Restaurando a aprendizagem e a memória como resultado. [XI]

Dosagem

A dosagem recomendada de Oxiracetam é 750 – 1.500mg por dia. Dividido em até duas doses iguais, uma pela manhã e outra no início da tarde, para evitar interferir com o seu sono.

6.jpg

Como o Oxiracetam aumenta a eficiência da acetilcolina no seu cérebro, você deve toma-lo com uma boa fonte de colina, como o Alpha GPC ou Citicolina.

Efeitos colaterais

Oxiracetam é não-tóxico. Então, é considerado bem tolerado e seguro.

Os efeitos colaterais são raros, mas podem incluir ansiedade, fadiga, dores de cabeça, nervosismo e náusea. Os efeitos colaterais são frequentemente o resultado de doses incomumente altas do nootrópico.

Dores de cabeça do uso do Oxiracetam geralmente acontecem quando você esquece de combiná-lo com um bom suplemento de colina. Dores de cabeça são frequentemente um sintoma de um déficit de colina em seu cérebro.

Onde Adquirir

Você pode adquirir Oxiracetam de renome internacional em nossa loja parceira, Perception, clicando aqui.

Fonte: https://nootropicsexpert.com/oxiracetam/

Tradução: Renan Marron e Mota

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe seu comentário

Sobre o Autor

Meu propósito de vida é difundir a arte do biohacking ajudando o maior número de pessoas. Sou viciado na possibilidade de nos tornarmos imortais e já provei quase todos os nootrópicos que sem notícia.

Últimas Publicações