L-Dopa – O Precursor Imediato da Dopamina

L-DOPA (levodopa, L-3,4-dihidroxifenilalanina) é um aminoácido que é naturalmente sintetizado no cérebro pelo aminoácido l-tirosina.

L-DOPA
L-DOPA

L-DOPA é um precursor necessário para o neurotransmissor dopamina. Chamada de catecolamina, a dopamina é então sintetizada nas outras catecolaminas epinefrina (adrenalina) e norepinefrina(noradrenalina).

A dopamina não consegue atravessar a barreira hematoencefálica, mas a levodopa pode. É por isso que suplementamos com L-DOPA em vez de dopamina.

Mucuna Pruriens
Mucuna Pruriens

E para um aumento da dopamina, os biohackers usam Mucuna Pruriens, que contém altos níveis de L-DOPA. [i] Esta leguminosa, nativa das regiões tropicais da Índia, África e das Antilhas, e também conhecida como feijão de veludo, tem sido usada na medicina Ayurveda desde 1500 aC.

Os antigos usaram Mucuna Pruriens para tratar coisas como picada de cobra, problemas intestinais, problemas sexuais e um humor melancólico.

Aumentar os níveis do neurotransmissor dopamina no cérebro ajuda a regular o humor e a cognição. [ii]

Mucuna Pruriens vs L-DOPA: Qual é a diferença?

Mucuna Pruriens é um extrato daplanta de feijão de veludo que cresce 3 – 18 metros de altura. L-DOPA (levodopa) é geralmente sintética e feita no laboratório.

A versão natural da L-DOPA da Mucuna Pruriens é geralmente bem tolerada pela maioria das pessoas. E os compostos da planta são bio-idênticos aos produtos químicos produzidos naturalmente em seu corpo. Não é assim com a L-DOPA sintética.

L-DOPA sintética é metabolizada em dopamina em seu corpo por uma enzima chamada L-aminoácido descarboxilase aromática (AADC). E a maior parte da L-DOPA sintética será convertida perifericamente (não no sistema nervoso central e no cérebro). Isso pode causar problemas.

Então, quando usado terapeuticamente, como no tratamento da Doença de Parkinson, a L-DOPA é administrada em combinação com um inibidorda AADC periférica. Drogas como a carbidopa (ou outros inibidores da AADC) garantem que a maior parte da L-DOPA seja preservada para conversão em dopamina no cérebro. E não o resto do seu corpo.

Isso é crítico para os usuários de nootrópicos terem em mente. O uso crônico ou prolongado de levodopa sintética pode levar a coisas como discinesia. Este é um distúrbio do movimento em que a descoordenação neurológica resulta em movimentos involuntários incontroláveis. [iii]

Não estamos dizendo isso para dissuadi-lo de usar a L-DOPA. Use um extrato de Mucuna Pruriens e você ficará bem.

Como Funciona?

L-DOPA aumenta a saúde do cérebro e funciona de várias maneiras. Mas dois em especial se destacam.

  • L-DOPA melhora a memória – É metabolizada em dopamina em seu corpo por uma enzima chamada L-aminoácido descarboxilase aromático (AADC). Isso aumenta os níveis de dopamina no cérebro.

Pesquisadores da Universidade de Münster, na Alemanha, realizaram um estudo com 40 pessoas saudáveis. Neste estudo duplo-cego randomizado, eles deram um grupo de 100 mg de levodopa por dia durante 5 dias. O outro grupo tomou um placebo.

90 minutos depois, todos os dias, os participantes receberam um teste de memória baseado no vocabulário. O estudo descobriu que a levodopa melhorou significativamente a velocidade, o sucesso geral e a retenção a longo prazo de novas palavras. [iv]

  • L-DOPA promove a saúde do cérebro – Pesquisas sugerem que Mucuna Pruriens protege seu cérebro regulando as funções cognitivas e neurais. E até encorajando a atividade neural.

Pesquisadores na Índia mostraram que Mucuna Pruriens é um potente antioxidante. Eles realizaram ensaios para avaliar os antioxidantes enzimáticos e não enzimáticos em extratos. Eles encontraram altos níveis de flavonóides, alcalóides, ácidos tânicos, ácidos gálicos, equivalentes de quercetina e equivalentes de sitosterol. [v]

Todos esses compostos buscam radicais livres em seu cérebro. Os radicais livres são formados durante a atividade cerebral normal, como a síntese de ATP que alimenta suas mitocôndrias.

Seu cérebro está equipado para eliminar alguns desses radicais livres por conta própria. Mas especialmente no ambiente atual em que vivemos, seu cérebro está sobrecarregado. Os radicais livres causam inflamação que danifica e pode matar as células cerebrais. Afetando a memória, aprendizagem, recordação, cognição e humor.

Mucuna Pruriens provou ser um anti-inflamatório do cérebro muito eficaz. Ele ainda tem a capacidade de quelar metais pesados como o mercúrio e ferro nas células do cérebro. E é antibacteriano. [vi]

Mucuna Pruriens ajuda o cérebro a produzir pigmentos neuronais naturais chamados neuromelaninas. Eles são semelhantes à melanina encontrada em sua pele. E eles são frequentemente encontrados em regiões do cérebro onde a dopamina está ativa.

A síntese de neuromelaninas nas várias regiões do cérebro é um importante processo de proteção. O componente melânico é gerado através da remoção de quinonas reativas / tóxicas que, de outra forma, causariam neurotoxicidade.

Este componente melânico promovido por Mucuna Pruriens é o que quela e acumula metais tóxicos e pesados, como mercúrio e chumbo. [vii] Impedindo que eles danifiquem as células cerebrais.

Mucuna Pruriens aumenta a saúde cerebral

Benefícios da L-DOPA

O extrato de Mucuna Pruriens contém altos níveis de L-DOPA, o precursor do crucial neurotransmissor dopamina. A dopamina é então sintetizada nos neurotransmissores epinefrina (adrenalina) e norepinefrina (noradrenalina).

A dopamina desempenha um papel crítico na aprendizagem e absorção de novas informações. O aumento dos níveis cerebrais de dopamina ajuda a regular o humor e estimula a cognição.

A pesquisa também sugere que Mucuna Pruriens fornece antioxidantes que se defendem contra o dano oxidativo causado pelos radicais livres. [viii]

Qual a Sensação?

Biohackers relatam que o uso do Mucuna Pruriens ajuda em multitarefas (multi-tasking), melhora a motivação, aumenta o foco, diminui o estresse e provém uma sensação de calma.

Você pode sentir um aumento em seus níveis de energia, menos névoa cerebral e um aumento no humor geral. Uma visão mais positiva da vida junto de um aumento na libido.

A Pesquisa

Mucuna Pruriens ajuda a reduzir o estresse

Mucuna Pruriens aumenta a libido

Um estudo foi realizado para avaliar o papel de Mucuna Pruriens em homens inférteis. Foi feito na Universidade Médica do Rei George em Lucknow, na Índia. O estudo incluiu 60 homens que foram submetidos a rastreio de infertilidade. E não houve surpresa aqui; descobriram estar sob tremendo estresse.

O grupo de controle neste estudo foi 60 homens pareados por idade que iniciaram pelo menos uma gravidez. Os homens inférteis receberam 5 gramas de pó de sementes Mucuna Pruriens por dia durante 3 meses. Amostras de sêmen foram coletadas no início do estudo. E depois de 3 meses de tratamento.

Os pesquisadores descobriram que o tratamento com Mucuna Pruriens diminuiu significativamente os níveis de estresse. E aumentou a contagem de espermatozóides para o mesmo nível que o grupo de controle fértil dos homens.

Eles concluíram “que o M. pruriens não apenas reativa o sistema de defesa anti-oxidante dos homens inférteis, mas também ajuda no controle do estresse e melhora a qualidade do sêmen.” [ix]

L-DOPA melhora a aprendizagem

Este estudo na Alemanha foi feito com 40 indivíduos saudáveis. Eles receberam 100 mg de L-DOPA ou placebo por 5 dias em um estudo randomizado, duplo-cego.

Os indivíduos foram treinados em vocabulário artificial usando uma abordagem repetitiva de alta frequência. Isto foi feito 90 minutos após a administração de L-DOPA em cada dia do ensaio.

Os pesquisadores descobriram que o L-DOPA melhorou significativamente a velocidade, o sucesso geral e a retenção a longo prazo das palavras. [x]

L-DOPA como um antidepressivo

O aumento da dopamina no cérebro também aumenta o humor e a libido. Este estudo foi feito na Índia com ratos. Os pesquisadores usaram o bem conhecido Teste de Natação Forçada (FST), Teste de Suspensão de Caudas (TST) e Teste de Estresse Leve Imprevisível Crônico (CUMS).

Os ratos foram alimentados com extrato de semente de Mucuna Pruriens e, em seguida, avaliados pelo desempenho de, bem… o que ratos fazem no laboratório. A equipe de pesquisa descobriu que o extrato de semente de Mucuna Pruriens tem qualidades antidepressivas significativas. O que simplesmente verificaria o que já sabemos em humanos. [xi]

O uso do extrato de Mucuna Pruriens é um excelente anti-depressivo.

Dosagem

A dosagem sugerida para um extrato de Mucuna Pruriens 98% para benefícios cognitivos é de 250 – 500 mg por dia.

Recomendamos que você cicle o uso de L-DOPA (Mucuna Pruriens). E use apenas 4 ou 5 dias por semana. Isso ajudará a evitar tolerâncias e dependências (que são comuns com qualquer agonista da dopamina).

Efeitos Colaterais

L-DOPA é produzido naturalmente em seu corpo. Então, é considerado bem tolerado e seguro. E a L-DOPA do extrato de Mucuna Pruriens é particularmente bem tolerada pela maioria das pessoas.

Pesquisas mostram que a forma natural de L-DOPA de Mucuna Pruriens em comparação com versões sintéticas de L-DOPA fornece resultados semelhantes. Mas sem os efeitos colaterais comuns de náuseas, vômitos e movimentos musculares involuntários. [xii]

Mas tenha muito cuidado ao suplementar dopamina. Se você exagerar, pode experimentar sintomas como perda de cabelo, alucinações auditivas ou visuais, psicose, discinesia e muito mais.

Claro, se você começar a sentir algum destes efeitos colaterais, pare de suplementar com L-DOPA (Mucuna Pruriens) imediatamente.

Como qualquer suplemento natural, é sempre melhor encontrar uma fonte orgânica.

Não utilize junto com IMAO’s pois pode potencializar os efeitos de forma descontrolada.

Feijão de Veludo é Mucuna Pruriens
Feijão de Veludo / Mucuna Pruriens pods

Formas Disponíveis

Mucuna Pruriens está normalmente disponível em pó, cápsula ou comprimido. Alguns são puros e secos Mucuna Pruriens em pó.

Vários fabricantes oferecem extratos de Mucuna Pruriens variando de 15% a 98% de L-DOPA. Ou eles dizem quantos mg de L-DOPA é em cada cápsula ou comprimido.

Alguns fabricantes chamam de “extrato de feijão da Flórida” com a porcentagem de L-DOPA em cada cápsula. É o mesmo que Mucuna Pruriens.

Tente encontrar “orgânico” ou “certificado orgânico”, se puder. E para o uso Nootrópico, evite a L-DOPA sintética que é normalmente usada para tratar a doença de Parkinson.

Fonte: https://nootropicsexpert.com/l-dopa/
Tradução: Renan Marron e Mota

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe seu comentário

Sobre o Autor

Meu propósito de vida é difundir a arte do biohacking ajudando o maior número de pessoas. Sou viciado na possibilidade de nos tornarmos imortais e já provei quase todos os nootrópicos que sem notícia.

Últimas Publicações