Creatina – Multiplique Sua Energia Mental e Física

 

A Creatina é um aminoácido que é sintetizado nos rins, fígado e pâncreas. É produzido a partir dos aminoácidos metionina, glicina e arginina. Você também pode obter creatina ao comer carne de caça, carne vermelha, ovos e peixe. Ou um suplemento.

Creatina
Fórmula da Creatina

A creatina é armazenada em seu corpo como fosfato de creatina ou fosfocreatina. E é fundamental para o abastecimento de trifosfato de adenosina (ATP) nas mitocôndrias das células do cérebro.

O ATP é a molécula de energia primária usada em suas células como energia, ele é decomposto para produzir energia bioquímica em todo o corpo. Incluindo em suas células cerebrais. Durante este processo, o ATP perde uma das suas moléculas de fosfato. E é alterado para adenosina difosfato (ADP)É aqui que a creatina entra.

Lembre-se, a creatina é armazenada em seu corpo como fosfato de creatina. Ela recarrega o ADP doando uma molécula de fosfato para o ADP. Que produz mais ATP que pode ser usado para produzir mais energia.

Sem creatina para recarregar o ATP, as células do seu cérebro estão literalmente famintas de energia.

Creatina Monohidratada – Creatina Tamponada – Creatina Etil Ester: Qual é a diferença?

É fácil ficar confuso com as muitas formas de creatina disponíveis, mas também é fácil como saber qual funciona melhor no seu stack.

A creatina é um nootrópico bem pesquisadoA creatina é um dos suplementos mais bem pesquisados ​​do mundo. Graças em grande parte ao mundo da nutrição esportiva.

A creatina monohidratada é a forma utilizada na maioria dos estudos clínicos sobre creatina. É o padrão de ouro da creatina. E foi comprovado ao longo de décadas de uso.

A creatina tamponada é comercializada como sendo capaz de superar o monohidrato de creatina devido ao seu alto nível de pH. Mas a pesquisa não apoia essa afirmação.

Pesquisadores do Laboratório de Exercício e Nutrição Esportiva da Texas A & M University conduziram um estudo duplo-cego com 36 atletas treinados em resistência.

Eles testaram creatina monohidratada (Creapure®) contra a creatina tamponada (Kre-Alkalyn®). Seguindo as instruções do fabricante para as fases de carregamento e manutenção. E correu o julgamento por 28 dias.

A equipe de pesquisa concluiu que não havia evidências de que a suplementação com uma forma tamponada de creatina resultasse em menos efeitos colaterais. Ou que a forma tamponada era mais eficaz e / ou mais segura que a creatina monohidratada. [I]

Creatina Etil Ester é outra forma de creatina que é supostamente convertida em creatina utilizável uma vez em seu corpo. É comercializado como tendo melhor absorção que o monohidrato de creatina. Mas a pesquisa mostra que é realmente menos eficaz. Porque uma vez em seu corpo, é convertido em uma forma inativa chamada “creatinina”. [II]

A linha de base é não superestimar formas extravagantes de creatina. Não importa quão bom seja o marketing.

A creatina monohidratada ainda é a forma mais barata e eficaz de creatina disponível atualmente.

Creatina recarrega ATP para mitocôndrias cerebrais

Como Funciona no cérebro?

A creatina aumenta a saúde do cérebro e funciona de várias maneiras. Mas dois em especial se destacam.

  1. Níveis de creatina estão ligados à capacidade de memória e retenção ideais.

Um estudo da Universidade do Novo México investigou a capacidade de memória de trabalho. Ou a capacidade do cérebro de manter informações para uso futuro. Os cientistas estudaram cérebros de crianças de 7 a 12 anos usando espectroscopia de ressonância magnética. E medido vários neurotransmissores cerebrais.

O estudo descobriu que as crianças com os níveis mais altos de creatina no cérebro tinham uma memória operacional melhor. E concluiu: “…nós especulamos que níveis mais altos de creatina em repouso podem permitir uma maior ativação na tarefa e facilitar o processamento.” [III]

  1. Creatina afeta diretamente a fadiga mental.

Outro estudo publicado na Neuroscience Research examinou os efeitos da suplementação de creatina na fadiga mental. 24 adultos saudáveis ​​participaram deste estudo duplo-cego, controlado por placebo.

Neste estudo, os adultos que tomaram 8 gramas de creatina diariamente por 5 dias mostraram significativamente menos fadiga mental durante a realização de testes de matemática que aqueles que não tomaram creatina. [IV] A equipe de pesquisa disse que a creatina apareceu para ajudar a aumentar a utilização de oxigênio no cérebro.

Deficiência de Creatina

O ATP e a creatina são críticos para o funcionamento do cérebro. Se você não tem creatina adequada para recarregar ATP, seu cérebro não pode funcionar no seu melhor.A creatina previne a fadiga mental

Certos distúrbios genéticos podem interromper o metabolismo da creatina cerebral. Causando defeitos neurológicos significativos.

A falta de ATP e creatina afetará o reparo de neurônios e a produção e transmissão de neurotransmissores.

Se uma deficiência de creatina é causada por um defeito genético no início da vida, pode resultar em atraso no desenvolvimento, retardo mental, incapacidades da fala e fraqueza muscular.

↓ Cognição, memória, recordação, tempo de reação e humor diminuem

↓ Membranas das células cerebrais degeneram

↓ Níveis de neurotransmissores diminuem

↓ Saúde mental, linguagem e habilidades motoras finas declinam [V]

Todas essas mudanças no metabolismo energético cerebral são fatores que contribuem para doenças neurodegenerativas, incluindo Alzheimer, Parkinson, ALS, epilepsia e demência.

Mas mesmo que você não esteja preocupado com defeitos genéticos ou com os efeitos do envelhecimento, a creatina pode ajudar.

Benefícios da Creatina

Estudo após estudo mostra que a suplementação de creatina tem um impacto significativo na memória de trabalho e inteligência. Ambas tarefas que exigem velocidade mental de processamento.A creatina é um dos melhores nootrópicos

Suplementação de creatina pode fazer um diferença considerável na capacidade de energia do cérebro, influenciando o desempenho cerebral.

Você pode achar curioso que pesquisadores que estudam cognição e desempenho atlético pareçam favorecer o uso de cobaias vegetarianas e veganas. E então lhes dão suplementos de creatina.

Eles usam vegetarianos como cobaias porque a creatina é encontrada apenas em carne animal. E os vegetarianos não comem carne.

A creatina não é um aminoácido essencial porque podemos sintetizá-lo a partir de outros aminoácidos. Mas os aminoácidos encontrados nos alimentos vegetais não são sintetizados de forma muito eficiente. Esta é a razão pela qual os vegetarianos têm níveis mais baixos de creatina em seus corpos que aqueles que comem carne.

Nosso corpo queima ATP quando usamos nossos músculos. Mas ela é usada mais rápido quando usamos nossos cérebros.

Considere que nosso cérebro representa apenas 1 a 3% do nosso peso corporal. Mas os bilhões de neurônios em nossos cérebros usam 20% da energia total derivada de ATP do nosso corpo.

A ATP é usada em seu cérebro para o reparo neuronal e para produzir, embalar e secretar neurotransmissores. É o poder por trás dos sinais bioelétricos quando os neurônios se comunicam uns com os outros.

Pense na creatina como uma carga extra para suas baterias, principalmente se você estiver exausto mental e/ou fisicamente.

Qual a Sensação?

Uma vez que você comece a suplementar com creatina, você deve experimentar uma melhor função cognitiva. O pensamento será mais claro e mais rápido.

A energia mental terá um impulso. E você não se sentirá mentalmente perdido depois de um treino mental intenso.

A leitura deve ser mais fácil e você não se verá relendo a última frase ou parágrafo.

Em geral, você deve sentir um impulso nas habilidades físicas e cognitivas. E uma melhoria na sua sensação de bem-estar. Você se sentirá melhor e com mais energia.

A Pesquisa

A creatina foi identificada em 1832. E a ciência vem pesquisando de todas as formas possíveis desde então. Milhares de estudos foram feitos sobre a saúde física e cerebral. E como eles estão relacionados à creatina.

A creatina aumenta a memória de trabalho e a inteligência

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Sydney decidiu testar o efeito da suplementação de creatina em 45 adultos jovens vegetarianos. As pessoas que aderem a uma dieta vegetariana são tipicamente deficientes em creatina. Porque a carne vermelha é a principal fonte desse nutriente crítico em nossa dieta.

Neste estudo duplo-cego, controlado por placebo, eles deram a alguns dos adultos jovens 5 gramas de creatina uma vez ao dia por 6 semanas. Em seguida, eles testaram a inteligência e o desempenho da memória de trabalho.

Os pesquisadores descobriram que a suplementação de creatina teve um efeito positivo significativo na memória operacional e na inteligência. Ambos os métodos usados ​​para testar os assuntos exigiam velocidade de processamento.

A equipe de pesquisa concluiu que a capacidade de energia cerebral tem um papel profundo no desempenho do cérebro. E essa energia cerebral depende da creatina[VI]

A creatina aumenta o QI e o período de atenção

Cientistas da Universidade de Sunderland, no Reino Unido, realizaram um estudo duplo-cego controlado por placebo. Trabalhando com 34 homens e mulheres saudáveis ​​com idade média de 21 anos. Nenhum dos participantes era vegetariano.

Um grupo tomou 5 gramas de creatina diariamente por duas semanas. E o outro grupo tomou um placebo. Eles foram testados antes da suplementação. E depois de 2 semanas de uso de creatina ou placebo.

Os testes consistiram de Varredura de Memória, Correspondência de Par de Números, Atenção Sustentada e Flankers de Flecha, seguidos por um teste de QI. Esses testes eram mentalmente extenuantes por qualquer padrão.

Os pesquisadores concluíram que aqueles que tomaram creatina testaram muito melhor e mostraram menos fadiga mental do que o grupo placebo. A creatina aumentou o tempo de atenção, o QI e a memória de trabalho[VII]

Reposição de Creatina Cérebro Células

Drogas usadas atualmente para tratar doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer proporcionam alívio temporário dos sintomas. Mas não para a causa subjacente da doença.

Os cientistas estão agora trabalhando em terapias que se concentram na substituição de células cerebrais feridas e mortas e que impulsionam o fator de crescimento junto com outras moléculas neurotróficas.

Estas novas terapias incluem o desenvolvimento de vacinas. E usando compostos como creatina para imunizar contra essas doenças que ameaçam a vida[VIII]

Uma coisa que os cientistas sabem ao certo é que o metabolismo energético prejudicado desempenha um papel proeminente em muitas dessas doenças neurológicas. Estudos recentes mostram que a produção de energia prejudicada no cérebro causa a morte das células neuronais.

Níveis ótimos de ATP são cruciais para manter células cerebrais saudáveis. E a creatina é essencial na manutenção dos níveis de energia celular.

A suplementação com creatina foi comprovada para a neuroproteção em uma ampla gama de doenças neurodegenerativas. Incluindo Parkinson, ALS, Alzheimer, acidente vascular cerebral e epilepsia. [IX]

Recomendação de dosagem de creatina nootrópica

Dosagem

A dosagem recomendada de creatina para benefício nootrópico é de 5 gramas por dia.

Estudos mostram que a creatina deve ser consumida com carboidratos para melhor absorção. [X]

O mito de que você não deve tomar cafeína com creatina é exatamente isso – um mito. Nenhum estudo confiável mostrou que isso é verdade.

Efeitos Colaterais

A creatina é produzida naturalmente em seu corpo. Então, é considerado bem tolerado e seguro.

Se você está lidando com problemas no fígado ou nos rins, converse com seu médico antes de suplementar com creatina.

A creatina pura é a mais segura. Mas muitos suplementos de creatina comercialmente disponíveis contêm contaminantes. Verifique os rótulos com cuidado. Revise o site do fabricante e qualquer outro material que eles ofereçam que ateste seus padrões de qualidade.

Outros efeitos secundários podem incluir diarreia ligeira, gases, dores de estômago ou de estômago, cãibras musculares, aumento da micção, dores de cabeça, redução do apetite e aumento de peso da água. Geralmente quando se usa muita creatina. Ou durante a fase de “carga” da suplementação de creatina.

Como a creatina causa um aumento de energia, evite a dosagem à noite. Ou você pode encontrar dificuldades para dormir.

Formulários Disponíveis

A melhor fonte dietética de creatina é encontrada em caça selvagem. Outras fontes incluem carne vermelha e certos peixes.

A forma mais comum e menos dispendiosa de creatina disponível como suplemento é na forma de pó. Também está disponível em cápsulas e líquido.

Recomendamos ignorar todos os nitratos de creatina, ésteres etílicos, malato, HCL e outros – e preferir creatina monohidratada e micronizada em pó.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe seu comentário

Sobre o Autor

Meu propósito de vida é difundir a arte do biohacking ajudando o maior número de pessoas. Sou viciado na possibilidade de nos tornarmos imortais e já provei quase todos os nootrópicos que sem notícia.

Últimas Publicações