Ashwagandha – Um Poderoso Exemplar dos Nootrópicos Naturais

Ashwagandha (Withania somnifera) é uma das ervas mais poderosas na cura ayurvédica. Este remédio antigo tem propriedades notáveis ​​de alívio de estresse. E fica ombro a ombro com algumas das drogas mais potentes usadas para tratar depressão e ansiedade.

Em sânscrito, Ashwagandha significa “cheiro de cavalo”. Sendo uma alusão ao fato dessa erva transmitir a força e o vigor de um.

Este remédio de cura é nativo da Índia, Paquistão e Sri Lanka. E agora está sendo cultivada em outras regiões, incluindo os Estados Unidos.

Ashwagandha ajuda a proteger seu sistema nervoso central. E é um tratamento alternativo promissor para uma variedade de doenças cerebrais degenerativas, incluindo Alzheimer e Parkinson.

Como um antioxidante, Ashwagandha procura e destrói os radicais livres. Os radicais livres têm sido implicados em muitas doenças relacionadas à idade. Há até algumas evidências emergentes de que Ashwagandha oferece benefícios anticâncer.

Aqui vamos explorar como Ashwagandha beneficia seu cérebro.

Ashwagandha ajuda:

  • Reduzir o estresse: Ashwagandha ajuda a reduzir a ansiedade e a depressão. Reduz o hormônio do estresse cortisol, reduz os níveis de açúcar no sangue e melhora os perfis lipídicos.[I]
  • Regeneração Neuronal: Ashwagandha ajuda a regenerar os axônios e dendritos das células nervosas do cérebro. E ajuda a reconstruir sinapses, as junções onde as células nervosas se comunicam com outras células. [II] Aumentando a memória e restaurando redes neurais afetadas por doenças neurodegenerativas.
  • Neurotransmissores: o extrato de Ashwagandha inibe a acetilcolinesterase. A enzima responsável por quebrar o neurotransmissor chave acetilcolina[III] Aumentando a memória, a aprendizagem e a cognição.

Visão Geral

1

Ashwagandha (Withania somnifera) é uma das ervas mais poderosas na cura ayurvédica. Este antigo remédio herbal tem notáveis qualidades anti-depressivas. E mostrou ser tão bom quanto muitos medicamentos de prescrição no tratamento da depressão e ansiedade.

Ashwagandha é muitas vezes referida como “ginseng indiano” por causa de suas propriedades rejuvenescedoras. Mas, botanicamente, Ashwagandha e ginseng não são relacionados.

Ashwagandha é da mesma família que o tomate. É um pequeno arbusto lenhoso com folhas ovais e flores amarelas de cinco pétalas. A fruta é vermelha e do tamanho de uma passa. A planta também é conhecida como a “Cereja de Inverno”.

Ashwagandha é conhecido como um adaptógeno. O que significa que ajuda o corpo a se adaptar ao estresse mental e físico.

Matéria Médica Indiana lista Ashwagandha para:

  • debilidade geral
  • impotência
  • propósitos afrodisíacos gerais
  • fadiga cerebral
  • baixa contagem de espermatozóides
  • exaustão nervosa
  • onde o vigor geral deve ser restaurado.

O extrato de Ashwagandha mostrou ser um antioxidante eficaz no cérebro. Limpando o desperdício celular implicado na doença de Alzheimer. [IV]

Também aumenta a memória e a cognição. Reduzindo o estresse e aumentando a acetilcolina. Além de melhorar a regeneração de redes nervosas no cérebro.

2

Como Ashwagandha Trabalha no Cérebro?

Ashwagandha aumenta a saúde do cérebro e funciona de várias maneiras. Mas duas em especial se destacam:

  1. A Ashwagandha aumenta os receptores GABA e a serotonina no cérebro. Parece funcionar nos receptores dos neurônios, permitindo que o GABA se conecte mais facilmente. Isso inibe os sinais presentes sob uma resposta de estresse no cérebro. A ansiedade diminui.

Um estudo foi realizado no Colégio Canadense de Medicina Naturopática com 75 voluntários com ansiedade moderada a grave. Ashwagandha produziu uma diminuição significativa nos níveis de ansiedade sobre o grupo controle. [V]

  1. Ashwagandha melhora o desempenho cognitivo e psicomotor em um cérebro saudável.

Pesquisadores do Instituto de Ciências Médicas de Nizam, em Hyderabad, Índia, trabalharam com 20 voluntários saudáveis ​​do sexo masculino. Neste estudo duplo-cego, controlado por placebo, os participantes receberam cápsulas de 250 mg de extrato padronizado de Ashwagandha por 14 dias.

Melhorias significativas nos tempos de reação foram relatados no final do estudo. O estudo sugere que o extrato de Ashwagandha melhora o desempenho cognitivo e psicomotor (reação física), mesmo quando você está no melhor da saúde. [VI]

Como as Coisas Vão mal:

Estresse crônico e cortisol podem danificar seu cérebro. Neurocientistas da Universidade da Califórnia, em Berkeley, descobriram que o estresse crônico desencadeia mudanças de longo prazo na estrutura e função do cérebro[VII]

O estresse crônico altera as redes neurais. O cortisol cria um efeito dominó que dificulta a passagem entre o hipocampo e a amígdala. (A amígdala (cérebro de lagarto) é a área responsável pela sua resposta de luta ou fuga).

Essa conexão difícil causada pelo estresse não é a maneira como o cérebro foi projetado. Mas o estresse crônico, contínuo, engana o cérebro para a reconstrução de circuitos e para o longo prazo.

Esta religação parece ser permanente. A menos que você intervenha com algo como Ashwagandha.

3

O estresse crônico parece “apertar um interruptor” nas células-tronco do cérebro. E os transforma em um tipo de célula que impede conexões com o córtex pré-frontalEvitando aprendizado e memória aprimorados.

E estabelece o andaime ligado à ansiedadedepressão e PTSD (pós-traumático).

 O estresse crônico reveste os neurônios na mielina

 Estresse crônico reduz o número de neurônios

 A matéria cinzenta diminui e a substância branca aumenta.

Sob condições de estresse crônico e excesso de cortisol, os neurônios do seu cérebro são revestidos (ou embainhados) na mielina.

Sob condições saudáveis, esse “revestimento” é uma medida de proteção. Mas esse revestimento excessivo é provavelmente uma medida evolucionária feita para reforçar a conexão entre o hipocampo e a amígdala. Melhorar a resposta de luta ou fuga durante longos períodos de ameaça ou ataque.

No mundo moderno, o estresse crônico sequestra seu sistema de resposta de luta ou fuga. Ela sai pela culatra na vida diária em que você não está em perigo físico.

Ashwagandha para o Resgate

Ashwagandha desfaz danos no cérebro causados ​​pelo estresse crônico. E ajuda a mantê-lo saudável.

Ashwagandha melhora a função cognitiva. Vitanolídeos, um dos muitos compostos encontrados nesta erva, reduz o cortisol. E os níveis gerais de energia são aprimorados através da otimização da função mitocondrial.

Ele também tem efeitos que imitam o GABA no cérebro. Comparável aos efeitos da prescrição de benzodiazepínicos como o lorazepam (Ativan).

Ashwagandha também pode ajudar a prevenir e reparar os danos causados ​​pela doença de Alzheimer, Parkinson e Huntington. Através dos seus mecanismos antioxidantes e redutores da inflamação.

A Ashwagandha fornece proteção e regeneração de neurônios durante a abstinência de opiáceos e heroína. E reduz os sintomas de abstinência.

4

Na medicina ayurvédica, as ervas Rasayana são usadas para promover um estado juvenil de saúde física e mental. Os antigos consideravam que as ervas Medhya Rasayana promovem um funcionamento cerebral superior. Estas são ervas que rejuvenescem a mente.

Dos 8 ou 9 remédios herbais mais apreciados, Ashwagandha é a mais alta ou mais proeminente das ervas ayurvédicas Rasayana. Atuando como um adaptógeno, rejuvenescendo o sistema nervoso e aumentando a capacidade de resistência do corpo ao estresse.

Qual a Sensação?

Os usuários de Ashwagandha relatam:

  • Ashwagandha como um apaziguador do estresse. Se você está sofrendo de fadiga e nevoeiro cerebral, é provável que seja estresse. Estresse crônico ou grave podem se disfarçar de muitas maneiras. Incluindo sentir-se anormalmente fatigado. Você descobre que não está dormindo bem. Ou não se sinte descansado e revigorado ao acordar de manhã. Mesmo depois de tomar um comprimido para dormir. Muitos relatam uma rápida mudança de energia e motivação assim que tomam Ashwagandha. Outros não sentirão os efeitos por algumas semanas antes que o alívio se instale. Você saberá que Ashwagandha está trabalhando quando você acorda de manhã sentindo-se revigorado. E ansioso (de uma maneira boa) para começar o seu dia.
  • Ashwagandha como um auxílio ansiolítico. Usuários de ajuda anti-ansiedade dizem que sentem que sua autoconfiança foi restaurada. Sua fala vai sentir mais fluida e mais fácil, especialmente em ambientes públicos. Não há mais ataques de pânico.
    5
  • Ashwagandha como um anti-depressivo. A depressão, mesmo que não seja diagnosticada profissionalmente, pode destruir sua vida. Os usuários da Ashwagandha dizem que é o melhor antidepressivo que já usaram. Sua energia é restaurada, a motivação está de volta e eles são capazes de se concentrar.

Ashwagandha trabalha em muitos níveis no cérebro. Os níveis de cortisol são estabilizados. E o dano ao seu cérebro começa a se corrigir. Os níveis de acetilcolina aumentam, então você pode pensar claramente de novo.

Os neurônios são reparados, e a cognição e a memória retornam aos níveis que você experimentou quando era mais jovem. E os receptores GABA são reativados produzindo um efeito calmante.

A Pesquisa

Pesquisadores do Hospital Asha, em Hyderabad, Índia, realizaram um estudo duplo-cego, randomizado, controlado por placebo com 64 participantes com história de estresse crônico. O grupo de estudo tomou uma cápsula de 300 mg de raiz de Ashwagandha de espectro total, duas vezes por dia, durante 60 dias.

Retornos para análises para os participantes foram feitos no 15º, 30º, 45º e 60º dia da pesquisa. Pesquisadores relataram que níveis séricos de cortisol foram substancialmente reduzidos.

O relatório concluiu que “um extrato de raiz de Ashwagandha de espectro de alta concentração de forma segura e eficaz melhora a resistência de um indivíduo em relação ao estresse e, portanto, melhora a qualidade de vida auto-avaliada“. [VIII]

Ashwagandha Como um Nootrópico

Um estudo realizado em um laboratório na Índia submeteu ratos de laboratório à um tratamento por choque eletroconvulsivo. Ou receberam escopolamina para induzir amnésia (perda de memória).

Ambos os grupos de ratos receberam extrato de Ashwagandha diariamente após o choque ou tratamentos químicos. O extrato de Ashwagandha restaurou sua memória e habilidades motoras[IX]

Ashwagandha Como um Antidepressivo

Os cientistas fizeram um estudo em ratos para comparar Ashwagandha com o popular anti-depressivo benzodiazepínico lorazepam (Ativan). E o antidepressivo tricíclico imipramina (Tofranil).

Os pesquisadores deram aos ratos Ashwagandhalorazepam ou imipramina. 30 minutos depois, eles colocaram os ratos em um labirinto, fizeram com que eles interagissem socialmente e até os forçaram a nadar.

Eles concluíram que, como estabilizador de humor, Ashwagandha trabalhava com depressão e ansiedade, tão bem quanto os dois antidepressivos[X]

Dosagem

A Farmacopéia Ayurvédica da Índia recomenda de 3 a 6 gramas diárias de pó de Ashwagandha moído padrão (4-5% vitanolídeos).

  • Para artrite, relaxamento, stress e desempenho sexual: 250 – 500mg
  • Para proteção antioxidante e imunidade: 100 – 200mg

Para doses maiores, como 500 mg, tomar 250 mg de manhã e outro 250 mg no início da tarde. E observe a distinção entre pó de Ashwagandha moído padrão e um extrato. O extrato é muito mais concentrado.

Efeitos Colaterais

Ashwagandha não é tóxico em doses moderadas.

Ashwagandha estimula a sua tireóide. Então, se você está com hipotireoidismo, use com cautela. Consulte seu endocrinologista para maior segurança.

Se você estiver grávida, não use Ashwagandha, pois isso poderia causar um aborto espontâneo. Esta erva é um adaptógeno com poderosos efeitos hormonais.

Ashwagandha pode aumentar os efeitos de medicamentos sedativos, anti-depressivos e ansiolíticos, incluindo a erva de São João.

Ele também pode interagir e possivelmente amplificar os efeitos de imunossupressores, medicamentos para pressão sanguínea e drogas usadas para controlar os níveis de glicose no sangue.

Ashwagandha pode aumentar os efeitos do álcool.

Não use se você tiver problemas de sangramento, ou antes de uma cirurgia.

Outros possíveis efeitos colaterais incluem diarréia, náusea, dor abdominal, sonolência e pulso lento.

Fonte: https://nootropicsexpert.com/ashwagandha/

Tradução: Renan Marron e Mota

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe seu comentário

Sobre o Autor

Meu propósito de vida é difundir a arte do biohacking ajudando o maior número de pessoas. Sou viciado na possibilidade de nos tornarmos imortais e já provei quase todos os nootrópicos que sem notícia.

Últimas Publicações